Céu pouco nublado
17ºC
06 Out 2022

Regueirão dos Anjos

Os terrenos de Arroios ficaram marcados pela ribeira de Arroios (ou regueirão dos Anjos), divididos pela colina de Santana, com solos férteis de hortas, prados, olivais e vinha. A Igreja Paroquial de Nossa Senhora dos Anjos, demolida após janeiro de 1908, situava-se num local sem movimento, tinha à esquerda da fachada um arco, que se encostava a um modesto prédio burguês. Nesse arco, estava a boca do Regueirão dos Anjos. Tudo foi demolido para a abertura da Avenida D. Amélia. Com as obras, a boca do Regueirão dos Anjos ficou abaixo do nível da antiga Avenida D. Amélia, a atual Avenida Almirante Reis.

Partilhar esta página