Execução de Projetos 22/23

Em 2022 foram executados os seguintes projetos:

OP 2016 – Projeto nr. 6 – Homenagem ao Sr. Constantino

No dia 21 de julho realizou-se a inauguração de homenagem ao Sr. Constantino, com o descerrar da placa com a informação do mesmo e a apresentação pública do trabalho realizado em calçada artística com o desenho de uma camélia, em sua homenagem.

No evento estiveram presentes a proponente da proposta, Filipa Neto Mariano, um familiar do homenageado, Gonçalo Sampaio e Mello, o chefe de gabinete do presidente do Município de Torre de Moncorvo e presidente da JF Torre de Moncorvo, José Sá Meneses, a presidente da Freguesia de Arroios, Madalena Natividade, o Vereador da Cultura da Câmara Municipal de Lisboa, Diogo Moura e o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Carlos Moedas.

OP 2017 – Projeto nr. 17 – Arroios em Corrida e Caminhada Solidária

Conforme acordado anteriormente, em colaboração com o proponente, esta proposta ficou dividida em 2 projetos: Corrida Interescolas e Percursos de Arte Urbana em Arroios.

– Corrida Interescolas

Desenvolveu-se o projeto do OP 2017 “Corrida Interescolas” inserido no âmbito da Semana Europeia do Desporto, promovida pelo IPDJ – Instituto Português do Desporto e Juventude e Comissão Europeia.

A “Corrida Interescolas” realizou-se no dia 30 de setembro, entre as 9h30 e as 12h30, nas instalações da Academia Militar com a participação de mais de 400 alunos do 1º ciclo das escolas públicas da freguesia: EB1 N.º 1 de Lisboa, EB1 Sampaio Garrido e EB1 O Leão de Arroios. Foram realizadas corridas por cada ano escolar e foi desenvolvido o programa “Kids Atletics”, da Federação Portuguesa de Atletismo. No fim de cada corrida foi dado a cada aluno um diploma e uma medalha de participação. As medalhas foram produzidas em colaboração com o FAbLab, da CML. No apoio à realização das atividades, contamos com a colaboração dos alunos da EPAD – Escola Profissional de Artes, Tecnologia e Desporto, da turma do Curso de Técnico de Desporto. Contamos ainda com o apoio do LGC – Lisboa Ginásio Clube e CML com empréstimo de equipamento desportivo. O projeto foi executado com organização e articulação conjunta entre a equipa do Orçamento Participativo, Secção de Desporto e Secção de Educação e Juventude.


Em 2023 foram executados os seguintes projetos:

OP 2017 – Projeto nr. 11 – Ciclo de Conversas “Nós, mulheres de Arroios”

No dia 8 de março, deu-se início à execução do projeto, desenvolvido em pareceria com o proponente do projeto, o MDM – Movimento Democrático de Mulheres.

O projeto consistiu na organização de um ciclo de 3 conversas entre mulheres residentes na freguesia. Partindo da realidade sociocultural que tanto caracteriza Arroios, descrita como a “mais multicultural freguesia portuguesa, onde cabem pessoas de 79 nacionalidades” importará refletir sobre as vivências específicas destas mulheres, tão diversas entre si, cujas vidas são tão frequentemente marcadas por processos migratórios árduos, que habitam a comunidade, que trabalham nas lojas, nas cozinhas, nos cabeleireiros e nos armazéns, que esperam os autocarros, ocupam as casas e os bairros e formam o tecido vivo da cidade. Foi objetivo deste projeto a criação de um espaço de reflexão e solidariedade, de mulheres para mulheres, onde as barreiras linguísticas, etárias e étnico-culturais não potenciem o afastamento ou a individualização, mas sim a formação de laços e o fortalecimento de uma consciência coletiva e solidária.

A conversa, no dia 8 de março realizou-se no espaço B.O.T.A. – Base Organizada da Toca das Artes e teve como tema – “Uma casa não é só um lugar de abrigo, é também uma porta de entrada para os direitos das mulheres”. As oradoras da conversa foram: Diana Pinto, Joana Pestana Lages, Lily Nóbrega, Paula Miranda e Rita Silva.

No dia 31 de março, realizou-se a segunda conversa, no espaço da Biblioteca de S. Lázaro, com o tema “O mundo que vive em Arroios” e contou com várias oradoras das seguintes entidades: Direção Nacional do MDM, Associação Bandim, FAR – Frente Anti-Racista e a Associação Solidariedade Imigrante.

A última conversa, que concluiu este ciclo, realizou-se no dia 21 de abril, no espaço da Largo Residências, no Quartel Largo Cabeço de Bola, com o tema “Mulheres de Abril: a cultura e a liberdade” e contou com as seguintes oradoras: Marta Lapa – Diretora Artística da Escola de Mulheres, Sofia Lisboa – Cantora e investigadora, Sandra Esteves – Direção Nacional do MDM e Diana Pinto do Núcleo de Lisboa do MDM.

OP 2017 – Projeto nr. 17 – Arroios em Corrida e Caminhada Solidária

 – Percursos de Arte Urbana em Arroios

O projeto foi desenvolvido em colaboração com a GAU – Galeria de Arte Urbana da CML e consistiu na realização de 2 percursos entre o Mercado de Arroios e a Estefânia e o Mercado do Forno do Tijolo e o Campo de Santana. Estas visitas foram orientadas por Hugo Cardoso, coordenador da GAU.

Neste âmbito, foi realizado um mapeamento das obras de Arte Urbana existentes na freguesia que se concretizou num mapa disponível em suporte físico e digital para qualquer pessoa poder realizar estes percursos. O mapa poderá ser consultado aqui:

Mapa Arte Urbana em Arroios

Os percursos realizaram-se nos dias 20 e 27 de maio, com os seguintes percursos:

 – 20 de maio – Percurso Mercado de Arroios – Estefânia

 – 27 de maio – Percurso Mercado Forno do Tijolo – Campo de Santa

Cada percurso contou com a participação de mais de 30 pessoas.

A participação nos percursos estava sujeita a uma inscrição previa on-line e à entrega de um bem alimentar (arroz, massa, feijão, grão, leite, enlatados). A entrega dos bens foi feita no próprio dia, no ponto de partida de cada percurso. Os bens recolhidos foram entregues ao projeto de resposta de apoio alimentar da JF Arroios – Zero Desperdício.

Op 2017 – Projeto nr. 5 – Cinema às Escadinhas

No dia 19 de maio deu-se início à execução do projeto vencedor “Cinema às Escadinhas”, relativo ao ciclo participativo de 2017, que consistiu na exibição de 3 filmes em 3 ruas/ escadas da freguesia com entrada livre. Transformamos as escadinhas da freguesia numa sala de cinema ao ar livre, num lugar de encontro de amigos, vizinhos e famílias. O projeto “Cinema às escadinhas” contou com a seguinte programação, nas seguintes datas e locais:

 – 19 de maio – Calçada Nova do Colégio – “O homem que matou D. Quixote”, de Terry Gilliam

 – 26 de maio – Rua Cidade de Manchester – “Os Fabelmans”, de Steven Spielberg

 – 2 de junho – Rua da Ilha do Pico – “O Incrível Maurice”, de Toby Genkel e Florian Westermann

As sessões tiveram início às 21h e cada sessão contou com um carro de pipocas de distribuição gratuita.

A iniciativa contou com um público de mais de 250 pessoas em cada uma das sessões.


Partilhar esta página